Trabalhos 2021

Escola EB 2,3 Prof. Dr. Egas Moniz (Estarreja)

Escalão:  Escalão 2: escolas de outros níveis de ensino a partir do 2º ciclo (inclusive)

Memória Descritiva:
Projeto: Constrói o teu Ecoponto Amarelo e Recicla
Memória descritiva (materiais utilizados, metodologia e intervenientes).
Numa perspetiva de educação ambiental e com um olhar atento ao mundo que nos rodeia, os professores de Expressão Artística em quase todos os trabalhos que desenvolvem procuram sensibilizar para a reutilização de materiais. Tudo o que temos é proveniente da Natureza, sejam estes recursos renováveis ou não. Numa sociedade onde se verifica um consumo desmedido, é importante parar e pensar nos recursos gastos. Quer ao nível da matéria-prima, quer ao nível da energia necessária para a transformação dessa matéria-prima. Além das toneladas de lixo e poluição resultantes dessa produção.
No entanto, as embalagens têm uma função de relevo no nosso quotidiano, pois servem para facilitar o transporte de produtos, protegendo-os e aumentando o seu tempo útil de vida (preservação das suas propriedades e condições de higiene). As embalagens Tetra Pak são formadas basicamente por 3 materiais: papel, plástico e alumínio. O papel representa 75% e tem como função dar resistência à embalagem. O alumínio representa 5% da embalagem, protege o alimento da luz, do oxigénio e impede a troca de aromas entre o alimento e o meio externo. E, finalmente, o plástico que representa 20% da embalagem e tem como função isolar o papel da humidade e impedir o contacto do alumínio com o alimento. Numa embalagem com esta estrutura, nenhum conservante necessita de ser adicionado garantindo que o alimento seja 100% natural mantendo a qualidade nutricional do mesmo e protegendo a saúde do consumidor. Apesar destas embalagens serem maioritariamente constituídas por cartão, têm de passar pelo processo de triagem para que o cartão seja separado das camadas de plástico e alumínio posteriormente utilizadas para fabricar peças plásticas ou placas e telhas usadas na construção civil. Por isso, devem ser colocadas no Ecoponto Amarelo.
No domínio da reciclagem, a Diretiva (UE) 2018/852 do Parlamento Europeu, de 30 de maio de 2018, estabelece um objetivo comum para os Estados-Membros de se prepararem para reutilizar e reciclar 65% dos resíduos de embalagens, até 2025 (75% papel/cartão; 50% alumínio; 50% plástico). Até 31 de dezembro de 2030, devem ser reciclados pelo menos 70%, em peso, de todos os resíduos de embalagens, com as seguintes metas por materiais (85% papel/cartão; 60% alumínio; 55% plástico).
Este ano letivo, a Escola Prof. Dr. Egas Moniz em Avanca, depois de participar no passatempo “Este Natal, Os Enfeites Estão Por Tua Conta”, propôs também aos alunos a participação no concurso “Constrói o teu Ecoponto Amarelo e Recicla”. Foi divulgada a ideia de construção de Ecopontos Amarelos para serem colocados nas salas de aula.
Foi lançado o pedido a toda a comunidade educativa para a recolha de embalagens Tetra Pak|Compal, uma vez que são embalagens com a certificação FSC (Forest Stewardship Council – Conselho de Gestão Florestal), ou seja, asseguram que os produtos provêm de florestas bem geridas que oferecem benefícios ambientais, sociais e económicos. Assim, foram recolhidas 40 embalagens de sumo Compal de 1L.
Depois da inscrição da escola no Concurso, o projeto foi proposto a duas turmas, uma do 2º ciclo (6ºCA) e outra do 3º ciclo (8ºA). A motivação para o trabalho teve início com o visionamento do vídeo “Os desafios da embalagem de alimentos sustentável” da Tetra Pak (https://www.youtube.com/watch?v=TKlk17t9wok) passando por sessões de informação e esclarecimento sobre o processo, desde a produção da embalagem até à fase de reciclagem. A construção dos ecopontos amarelos teve como principais objetivos:
- Relembrar a importância da correta separação das Embalagens Tetra Pak;
- Recordar a importância da Reciclagem como o terceiro R;
- Consolidar o significado do selo FSC;
- Construir ecopontos que possam ser utilizados na escola, mais especificamente nas salas de aula;
- Reutilizar materiais;
- Promover a adoção de comportamentos sustentáveis em relação ao ambiente;
- Contribuir para o desenvolvimento da consciência cívica dos alunos;
- Aplicar competências transversais através da articulação de saberes de diferentes áreas disciplinares em torno de causas ambientais;
- Planificar um projeto exequível e possível de ser replicado.
Nas aulas de Educação Visual e Educação Tecnológica, aplicando os conhecimentos de geometria, medidas, estruturas, materiais e de outros conteúdos das disciplinas, os alunos realizaram estudos, fizeram esboços e elaboraram um projeto exequível tendo em conta as regras do concurso. Estes prontamente responderam de forma motivada e cheios de ideias para as formas e estruturas possíveis. Depois de selecionadas as melhores ideias, tendo em conta a forma, a função e o local a ser colocado o Ecoponto Amarelo, foi feito um levantamento dos recursos materiais e instrumentos necessários à construção dos mesmos.
Materiais
- Caixas de cartão canelado (utilizada na estrutura)
- 2L de cola branca
- Fita-cola de papel
- Fita-cola transparente
- 4 folhas de papel de seda amarelo
- 40 embalagens de sumo Compal de 1L
- Sobras de papel autocolante transparente e amarelo
- 2 molas de pressão
Instrumentos
- Trinchas (para espalhar aa cola)
- Tesouras
- Régua de 50cm
- X-ato
Após a recolha das embalagens Tetra Pak, procedeu-se à lavagem e corte das mesmas, de forma a torná-las planas. Depois de aplanadas foi separada a parte exterior (que contém plástico e cartão) da parte interior (que contém plástico e metal - alumínio).
Numa fase posterior, procedeu-se à colagem das diferentes embalagens, de modo a revestir a caixa de cartão nas suas superfícies. O projeto produzido pela turma 8º A do 3º ciclo tem a seguinte dimensão: 1,10mx0.95m
No revestimento exterior dos ecopontos foram coladas as partes exteriores das embalagens Compal e no lado interior colaram-se as partes interiores das mesmas embalagens. Em ambas as situações aplicou-se cola branca.
Concluída a construção dos ecopontos, procedeu-se ao acabamento com a colocação do texto de identificação, apelando à correta separação das embalagens: “Plástico e Metal - embalagens de leite, iogurte, sumo, garrafas de água, esferovite, latas de bebidas e conservas, sacos de plástico”.
Cientes da importância de reduzir e valorizar reutilizando os materiais, de uma forma criativa e construtiva, os alunos da nossa escola construíram 2 ecopontos amarelos e mostraram como é possível criar objetos com uma função prática e esteticamente apelativos, passiveis de serem replicados, para outras salas e/ou espaços da escola, evitando a produção de lixo, valorizando ao máximo as potencialidades dos materiais e sensibilizando para a correta separação dos resíduos.
Esta atividade integrou um conjunto de atividades do Plano de Educação Ambiental, no âmbito do Programa eco escolas.

Frase que apele ao correto encaminhamento e separação de embalagens:
Reutilizar e Separar: plástico e metal no amarelo colocar.

Imagem do Ecoponto:

INICIATIVA

stamp_rgb_pt_small 

COORDENAÇÃO

LOGOabaeEE2_png